terça-feira, 22 de março de 2011

YOGA PARA CRIANÇAS ESPECIAIS

O potencial terapêutico do Yoga
Por Dra Alessandra Freitas - Médica

Há cerca de dois anos conheci a professora Kátia Gontijo (do Instituto Sou Especial) e aprendi uma outra abordagem do Yoga.
Foram dois anos de muito aprendizado, onde pudemos observar que situações clínicas como a ECNE (ou paralisia cerebral) e síndrome de Down, respectivamente crianças hiper e hipotônicas respondem muito bem à estimulação motora do Yoga. Outros benefícios, como melhora na irritabilidade, no contato e na atenção também puderam ser observados.
Durante o processo, as crianças passavam por reabilitação fonoaudiológica, além de suporte nutricional e psicológico.
Eu fiz o acompanhamento clínico dos atendidos e pude notar a melhora da espasticidade (rigidez) nas crianças encafalopatas e um desenvolvimento motor muito próximo do normal nos indivíduo com Síndrome de Down.

Além, destes aspectos, a filosofia de não violência e de respeito à diversidade que o Yoga nos apresenta, têm nas famílias atendidas um impacto muito positivo, aumentando o vínculo familiar e a esperança na recuperação de suas crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário