quinta-feira, 19 de maio de 2011

abertas novas vagas para a qualificação profissional de pessoas com deficiência



Começa a segunda etapa dos cursos de qualificação do Planteq em 15 cidades


Na Capital, as pessoas com deficiência podem fazer suas inscrições na agência Montaury.


Nesta terça-feira (17), serão abertas novas vagas para a qualificação profissional de 261 pessoas com deficiência em cinco cidades gaúchas e 150 vagas para artesãos de outros cinco municípios. Os cursos fazem parte da qualificação gratuita dirigida a públicos específicos e integram o Plano de Qualificação Territorial (Planteq), desenvolvido pela Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS), por meio da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS).

Para os artesãos, serão oferecidos cursos de artesanato com fibras naturais, escamas de peixe e conchas nos municípios de Capão da Canoa, Imbé e Rio Grande. A qualificação para a confecção de artefatos em couro e em papel machê será em Novo Hamburgo. Os municípios de Caxias do Sul e Santana do Livramento terão cursos de técnicas de tecelagem, tricô, crochê e bordado, sendo que em Caxias do Sul também haverá capacitação para produzir peças artesanais com materiais recicláveis. Em Rio Grande e Frederico Westphalen, vão ocorrer cursos de pintura em madeira, tecido e tela.

As vagas para pessoas com deficiência são destinadas aos municípios de Pelotas (informática, operador de telemarketing, almoxarife), São Leopoldo (informática, alimentador de linhas de produção), Estrela (auxiliar de cozinheiro, costura industrial, padeiro e confeiteiro), e Porto Alegre (informática, jardineiro, operador de telemarketing, porteiro e vigia, recepcionista, telefonista, almoxarife, técnicas de vendas). Também haverá cursos para 64 jovens que cumprem medidas socioeducativas em unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase), localizadas em Santa Maria, Santo Ângelo, Passo Fundo, Caxias do Sul, Uruguaiana, Pelotas, Novo Hamburgo e Porto Alegre.

Os recursos são do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e do Governo do Estado. As entidades vencedoras da licitação para ministrar os cursos são as seguintes: Associação de Desenvolvimento Social e Meio Ambiente do Brasil (Aldeia/Brasil), Associação de Jovens Idealizadores do Brasil (Ajibras), Instituto Cia Ideal (ICI), Instituto Educacional de Qualificação Profissional (IEQP) e Instituto Foco.

No interior, as inscrições acontecem nas agências FGTAS/Sine dos municípios citados. Para os cursos previstos para Porto Alegre, destinados a pessoas com deficiência, as inscrições serão realizadas somente na agência FGTAS/Sine Centro (Rua José Montaury, 31).



É necessário ter 16 anos ou mais e apresentar documento de identidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário