terça-feira, 2 de agosto de 2011

déficit de atenção



Projeto ajuda crianças a lidar com déficit de atenção - TDAH

Um programa educacional desenvolvido em Israel está ajudando crianças judias e árabe-israelenses a lidar com o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), condição neurológica comum que pode causar desatenção, impulsividade e hiperatividade.
Desenvolvido pelo psicólogo e educador Stuart Chesner, o Idud (Incentivo) é um programa que ajuda a criança a encarar seus desafios de forma positiva e otimista. Ela aprende sobre a forma como seu cérebro está “conectado” e como isso leva a certos comportamentos. A criança é ensinada a entender como seus pensamentos e sentimentos influenciam esses comportamentos e como a atenção pode provocar mudanças comportamentais. Finalmente, ela aprende como mudar o “script” que rege suas relações, frequentemente negativas, com os adultos.
O Idud foi desenvolvido inicialmente como um projeto-piloto de três anos, em quatro escolas de áreas com dificuldades socioeconômicas. Descobriu-se que 80% dos alunos com TDAH nessas escolas não eram diagnosticados nem tratados. “Havia uma suposição de que os problemas comportamentais e de aprendizagem eram mais o resultado de fatores sociológicos que neurológicos, o que é um grande erro”, diz Chesner.
O projeto foi avaliado pelo Instituto Brookdale do Joint Distribution American Jewish Committee, que constatou que mais de 90% das crianças tratadas tinham melhorado de forma tão dramática que já não eram identificados como portadores de TDAH. O programa agora está sendo aplicado em todo o país e até em algumas escolas judaicas de Nova York (EUA).

Mais informações através do link:

Nenhum comentário:

Postar um comentário