terça-feira, 25 de novembro de 2014

Eyecan+ acompanha movimento dos olhos para transformá-lo em ações.



Samsung não venderá aparelho, mas fabricará alguns para doar. A Samsung apresentou nesta terça-feira (25) um aparelho que rastreia o movimento dos olhos para permitir que o olhar seja usado para controlar as ações de um computador, como mover o cursor e rolar páginas para baixo ou para baixo. O Eyecan+ é um aparelho, do tamanho de receptores de sinal de TV paga. Instalado debaixo de monitores, o dispositivo acompanha o movimento dos olhos do usuário, transforma essa atividade em ação que deve ser reproduzida no monitor e o transmite ao computador. O objetivo da Samsung é criar uma solução que dê autonomia para pessoas com algum tipo de deficiência motora que as impossibilite de se mover. A fabricante de eletroeletrônicos não vai vender o Eyecan+ comercialmente, mas vai fabricar algumas unidades para doar a organizações de caridade. Segundo a empresa, em breve, tanto o software quanto o aparelho terão suas configurações e arquitetura abertas. Assim, qualquer desenvolvedor poderá trabalhar com elas. Para funcionar, os usuários devem se sentar a uma distância entre 60 cm e 70 cm do monitor. Podem ficar sentados ou deitados. A adaptação é feita apenas na primeira vez em que o Eyecan+ é utilizado. A partir daí, o aparelho passa a identificar como o olhar do usuário costuma se comportar. A interface que capta os comandos aparece na tela do computador e possui 18 diferentes comandos comuns no mundo da informática, como “copiar”, “colar”, “selecionar tudo” e “aumentar”. É possível ainda adicionar outras opções como “imprimir” e “fechar programa”. Além do movimento dos olhos, o Eyecan+ também reconhece piscadas de olho como comandos. Esse é o segundo “mouse ocular” da Samsung. O primeiro foi lançado em 2012. De lá para cá, o aparelho teve a calibragem melhorada e sua interação com os usuários também foi melhorada. Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário