sexta-feira, 9 de setembro de 2011

"Minha História"




Oi pessoal !

Hoje quero falar um pouquinho de uma das mil mãezinhas especiais que existe neste mundo... a Ana Paula.

A Ana é Pedagoga, Pedagoga Empresarial e cursa Psicopedagogia. Apaixonada por crianças e pela diversidade humana, ela tem uma motivação pessoal muito forte para estar sempre em busca de métodos de aprendizagens que contemplem esta diversidade.
Sugiro a todos que visitem seu Blog e aprendam um pouquinho mais sobre desenvolvimento infantil, em especial o autismo, principalmente no âmbito escolar e cognitivo....Vale a pena !!
Acesse:http://pratica-pedagogica.blogspot.com/




Para o "Minha História" do Cantinho do Rodrigo ela mandou esta mensagem linda abaixo:
"Costumo dizer que nossa família é um lindo trevo de quatro folhas, que juntos temos muita sorte.
Meu filho mais novo é muito inteligente e também diferente. Seu desenvolvimento não condiz com o das outras crianças, sendo isto um grande desafio para fazer amigos. Sua interação é diferente, seu aprendizado é diferente e o mais engraçado é que quanto mais procuramos ensiná-lo, mais aprendemos. Existe algo tão puro, tão inocente, que nos fez amar e aprender a compreender as diferenças. Sim, ele é responsável por grandes mudanças nas pessoas que o cercam, pois mesmo com essa interação inibida, ele consegue transmitir o quanto é puro, o quanto os detalhes são valiosos o quanto um "despertar"e amar a vida é importante. Ele também nos deixa uma lição de esforço, tentativa, superação e que a solidariedade existe. Tão criança e tão cheio de mensagens valiosas. Sentimos muito orgulho dele!
Na verdade, passamos acreditar que existe muito de Deus em cada ser humano e Sua obra é feita por nós, movidos pelo amor a Ele. Encontramos muito da obra Dele nas nossas vidas, através de outras vidas.
Meu filho por enquanto não utiliza das palavras para se comunicar, mas é muito determinado e tem um lindo olhar.
Será que existe algum mal em ser diferente? Todo mundo é igual?
Meu filho não teve a oportunidade de frequentar uma escolinha e brincar com as crianças. Não teríamos como descrever a intensidade de sentimentos que essas pessoas que o julgaram nos trouxeram, que as Deus abençoe. Mas isso não o impediu de ter amigos, de brincar e de ser exatamente como é. E continuou mostrando a todos o quanto é guerreiro e mesmo tendo que mudar todo o percurso e modificar os planos, podemos sempre encontrar outro caminho, mas nunca desistir. Encontramos muitos amigos.
São muitas pessoas envolvidas em sua história de vida, amigos de perto e de longe torcendo de forma sincera por sua felicidade.
Meu filho nos ensina a cada dia que o amor é transformador."

Um comentário:

  1. Querida amiga Marilce!
    Estou muito emocionada de participar do seu blog! Como mãe e como estudiosa, posso afirmar que vale a pena sempre acreditar no potencial das nossas crianças. Mesmo sem diagnóstico fechado, meu filho é uma criança portadora de necessidades especiais, que nos ensinou a amar as diferenças e crer que isto é um detalhe tão pequeno diante de uma imensa vida. Sentimos muito orgulho dele, todo dia se esforçando, lutando e nos ensinando o valor que há em pequenos detalhes. Não só ele, mas todos eles que são "especiais" nos permitem a cada dia sermos melhores.
    Um imenso abraço!
    Obrigada por permitir que nossa família, nossa história faça parte do "Cantinho do Rodrigo", estamos imensamente honrados!
    Ana Paula Pacheco

    ResponderExcluir