segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ANJOS EXISTEM ...


O MENINO QUE TIROU A SEDE DE MEIO MILHÃO DE AFRICANOS

Ryan nasceu no Canadá em maio de 1991, ou seja, hoje (2010) tem 19 anos.
Quando pequeno, na escola, com apenas seis anos, sua professora lhes falou sobre como viviam as crianças na África. Profundamente comovido ao saber que algumas até morrem de sede, que não há poços de onde tirar água, e pensar que a ele bastavam alguns passos para que a água saísse da torneira durante horas...
Ryan perguntou quanto custaria para levar água a eles. A professora pensou um pouco, e se lembrou de uma organização chamada WaterCan, dedicada ao tema, e lhe disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares.
Quando chegou em casa, foi direto a sua mãe Susan e lhe disse que necessitava de 70 dólares para comprar um poço para as crianças africanas.
Sua mãe disse-lhe que ele deveria consegui-los e foi-lhe dando tarefas em casa com as quais Ryan ganhava alguns dólares por semana.
Finalmente reuniu os 70 dólares e pediu à sua mãe que o acompanhasse à sede da WaterCan para comprar seu poço para os meninos da África. Quando o atenderam, disseram-lhe que o custo real da perfuração de um poço era de 2.000 dólares. Susan deixou claro que ela não poderia lhe dar 2.000 dólares por mais que limpasse cristais durante toda a vida, porém Ryan não se rendeu. Prometeu aquele homem que voltaria… e o fez.
Contagiados por seu entusiasmo, todos puseram-se a trabalhar: seus irmãos, vizinhos e amigos. Entre todo o bairro conseguiram reunir 2.000 dólares trabalhando e fazendo mandados e Ryan voltou triunfante a WaterCan para pedir seu poço. Em janeiro de 1999 foi perfurado um poço em uma vila ao norte de Uganda.
A partir daí começa a lenda.
Ryan não parou de arrecadar fundos e de viajar por meio mundo buscando apoios. Quando o poço de Angola estava pronto, o colégio começou uma correspondência com as crianças do colégio que ficava ao lado do poço, na África.
Assim Ryan conheceu Akana: um jovem que havia escapado das garras dos exércitos de meninos e que lutava para estudar a cada dia. Ryan sentiu-se cativado por seu novo amigo e pediu a seus pais para ir vê-lo. Com um grande esforço econômico de sua parte, os pais pagaram sua viagem a Uganda e Ryan, em 2000, chegou ao povoado onde havia sido perfurado seu poço. Centenas de meninos dos arredores formavam um corredor e gritavam seu nome.
- Sabem meu nome? - Ryan perguntou a seu guia.
- Todo mundo que vive 100 quilômetros ao redor sabe, ele respondeu.
Hoje em dia, Ryan –com 19 anos- tem sua própria fundação e conseguiu levar mais de 400 poços à África.
Encarrega-se também de proporcionar educação e de ensinar aos nativos a cuidar dos poços e da água. Recolhe doações de todo o mundo e estuda para ser engenheiro hidráulico.
Ryan tem-se empenhado em acabar com a sede na África.

NATAÇÃO SEM BARREIRAS



terça-feira, 23 de novembro de 2010

Porto Alegre / RS


AUTISMO
Mãe de duas crianças com autismo tem dificuldade para encontrar escola para os filhos Portadores de grau leve do transtorno que afeta a comunicação, os dois irmãos foram rejeitados por colégios da Capital.


Leia mais em ZERO HORA

TECLAS DA SUPERAÇÃO

Pianista chinês sem braços fará turnê mundial

Itinerário de Liu Wei incluirá Hong Kong, Paris, Viena e Taipei. Ele perdeu os braços aos dez anos de idade, depois de ser eletrocutado.


Extraído do Blog do Albino Incoerente

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Pequeno capoeirista de Torres é exemplo de superação


Você gosta de Capoeira ?
Então olhe o que o João Gabriel Schultz faz quando toca o pandeiro e o berimbau !!


MENSAGEM DO DIA


"O pensamento positivo puxa para o bom o que é bom.
Quando você pensa que o negócio, o compromisso, o emprego ou outras coisas vão dar certo, eles passam a ser atraídospelo seu pensamento positivo e acontecem da forma que lhe é favorável. Mas se você pensa que não vão dar certo, que não vão acabar bem,estes pensamentos servem de atrapalho aos benefícios que poderiam vir, porque o negativo puxa para o lado prejudicial.
Examine o que quer e seja otimista.
Espere só o que é bom, a fim de que o bom possa vir.
Para subir, o homem precisa das asas do ânimo".

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

PALESTRA / São Paulo- SP

Autismo e sexualidade
Programa de palestras "Meu Filho Tem Autismo"
Palestrante: Dra. Juliana Gomes Pereira – psiquiatra da infância e adolescência.
Tema: Autismo e sexualidade: dificuldades, aceitação e manejo. Desenvolvimento sexual infantil, masturbação, efeitos medicamentosos, dificuldades de relacionamento, menstruação e alterações do humor em meninos e meninas com autismo.
Para participar, basta lever 1 kg de alimento não-perecível a partir das 17h30, no dia da palestra.

Data: 29 de novembro de 2010 das 18:30h às 20:30.
Local:Rua Luis Gama, 890 – 1º andar, Cambuci, São Paulo- SP.

Conheça mais sobre sexualidade e autismo em www.ama.org.br

terça-feira, 16 de novembro de 2010

P/ QUEM RESIDE NO RIO DE JANEIRO

Escola de Gente promove oficinas gratuitas sobre teatro e inclusão (16/11-21/12)

A Escola de Gente – Comunicação em Inclusão, abriu inscrições para um circuito de oficinas de formação em teatro inclusivo, que acontecerá de 16 novembro a 21 de dezembro, no Rio de Janeiro. Serão 30 vagas para estudantes de arte que estejam interessados em multiplicar o conceito de inclusão através do teatro em suas diversas áreas: interpretação, direção, dramaturgia, figurino, cenário, etc.
Os encontros serão ministrados pela equipe da Escola de Gente, profissionais convidados e integrantes do grupo Os Inclusos e os Sisos – Teatro de Mobilização pela Diversidade, núcleo teatral da organização que há sete anos desenvolve projetos com teatro inclusivo. Ao final das oficinas, 10 alunos serão selecionadas para integrar a equipe do espetáculo infanto-juvenil Um Amigo Diferente?, previsto para estrear no segundo semestre de 2011. Os interessados devem se inscrever até o dia 12 de novembro.
Os 10 jovens selecionados serão remunerados como estagiários durante os três meses de ensaios e os dois meses de realização da temporada do espetáculo.

Para a seleção, os(as) interessados(as) deverão enviar carta de intenção e currículo para osinclusos@escoladegente.org.br

Datas:
16 de novembro a 21 de dezembro
Terças e Quintas
Horário: 10h às 13h
Local: Rua do Teatro, 37 – Centro – Rio de Janeiro – RJ. Local com acessibilidade.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

MENSAGEM DA SEMANA

" Um problema se vê de vários angulos, descobrir novas visões do mesmo problema é a arte de saber encontrar a melhor solução"...


A SÍNDROME DE DOWN NA VISÃO ESPÍRITA


Paulo de Tarso, o extraordinário “Apóstolo dos Gentios”, em excelsa inspiração escreveu aos Gálatas {6:8} afirmando que se o homem semeia na carne, na carne expiará (ceifará a corrupção). Para quem tem “olhos de ver e ouvidos de ouvir”, não interpretando a Escritura segundo a letra que mata mas segundo o espírito que vivifica, o apóstolo aponta para a necessidade do espírito humano, que haja cometido algum delito contra alguém ou praticado equívocos de conduta numa existência, em corrigir tal situação em existência posterior. Precisando dessa correção para alívio da própria consciência traumatizada pelo erro, vivencia a experiência da doença ou das deficiências físicas ou mentais. As leis divinas pois, não nos castigam mas nos auxiliam a retomar o caminho evolutivo normal.


É o que ocorre com os espíritos que precisam da deficiência denominada Síndrome de Down, pela qual resgatam algum problema do passado. O próprio Jesus, referindo-se a nossa inclusão nos mundos expiatórios afirmou que “...dali não sairíamos enquanto não pagássemos até o último ceitil”, referendando igualmente a necessidade evolutiva do Espírito humano. Nossas aflições no entanto podem advir não só de vidas anteriores como também desta mesma vida, como resultado de nossa imprevidência na atual existência.


A Síndrome de Down, é uma dessas situações ligadas a problemas de vidas anteriores.Normalmente, cada uma das nossas células possui 46 cromossomos, que são iguais, dois a dois. A causa da Síndrome de Down no corpo físico, resulta daquilo que os cientistas chamam de “acidente genético”, devido á presença de um cromossomo 21 a mais nas células. É chamada de trissomia do cromossomo 21, erro que, segundo a Medicina, não está no controle de ninguém. Esse “acidente genético” que acarreta a Síndrome de Down ocorre em uma para cada 500 crianças nascidas, caracterizando-se por deficiência mental e anomalias no desenvolvimento ósseo e de vários órgãos internos, em 95% dos casos. Os demais casos também são explicados pela Ciência Médica, mas sempre do ponto de vista materialista ou físico.


Evidentemente o Espiritismo concorda com as informações das pesquisas médicas, obtidas no árduo e sério trabalho investigativo do homem na busca da etiologia das doenças. O que a Ciência Espírita no entanto acrescenta é que o acaso não existe pois não há erro ou injustiça segundo a Doutrina Espírita. Aquele “acidente genético” ocorre na realidade pela presença do espírito, que tem alguma “conta” a acertar com a Justiça Divina e que se liga á célula ovo ou zigoto no momento em que esta se constitui na fecundação humana. Esse espírito tem um campo energético próprio, agindo não somente na atração dos gametas sexuais, como também na intimidade do zigoto, em plena elaboração do ser embrionário. Essa tese é espírita e é absolutamente racional como hipótese científica. A ciência materialista dita oficial, evidentemente, ainda não aceita tal tese, já que não investigou o espírito. Aos poucos no entanto vai chegar lá como já chegaram inúmeros pesquisadores e estudiosos das causas atuais e anteriores das doenças e deficiências que acodem á espécie humana. O novo paradigma da Medicina, em futuro bem próximo, tenho certeza, é aquele que admitirá, em bases científicas, a existência do espírito, como principal componente do homem integral, ou seja, do ser cósmico criado por Deus. Agora mesmo, cientistas da Universidade do Texas, E.U., bem como do Instituto Weizmann de Israel, proclamam que óvulos se comunicam com espermatozóides, enviando-lhes sinais para guiá-los até às trompas de Falópio, tornando possível a fecundação, acreditando os pesquisadores que o sinal emitido pelo óvulo é um componente do líquido que o circunda. Sem serem espíritas, confirmam a tese espírita de que todo efeito inteligente tem sempre uma causa também inteligente, podendo-se deduzir que pode estar ali o espírito reencarnante, ligado vibratóriamente á sua futura mãe, exercendo ação sobre o óvulo, atraindo depois o espermatozóide que lhe é afim por estar com ele sintonizado energeticamente, dentro da faixa evolutiva em que se encontra. Isso não é história não. São dados de pesquisas recentes do Dr Américo Domingues Nunes Filho, presidente da Associação Médico-Espírita do Rio de Janeiro.


De qualquer forma, precisamos respeitar e amar o deficiente, seja qual for a lesão de que seja portador.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Você sabe o que é FONIATRIA ?

A foniatria é uma especialidade médica, reconhecida pela Associação Médica Brasileira, que se dedica aos distúrbios de linguagem oral e escrita. Alguns dos problemas de linguagem têm causas orgânicas, por exemplo a surdez e alterações cerebrais. Outras têm causas ambientais e emocionais.
A foniatria aproxima-se umas vezes à otorrinolaringologia, outras à neurologia e à psiquiatria. Tem papéis diferentes delas; por exemplo, no diagnóstico de crianças que não falam, a foniatria cuida de diagnosticar se a causa está na audição, no cérebro ou se é psíquica. No campo terapêutico, pode colaborar no tratamento otorrinolaringológico, neurológico e psiquiátrico; dedica-se atualmente ao estudo e prescrição de medicamentos que auxiliam, indiretamente, progressos na linguagem e na aprendizagem; dois dos seus papéis mais importantes são a orientação aos pais e a indicação terapêutica mais adequada - fonoaudiologia, psicoterapia, ou orientação familiar; outro é o apoio, em trabalho interdisciplinar, a fonoaudiólogos e outros terapêutas, dialogando com eles a partir de conhecimentos e de experiência médica específicos do campo da linguagem.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

PAPO DE MÃE - ENTREVISTA IMPORTANTE!


Entrevista com Dr. Zan Mustacchi, pediatra especialista em Síndrome de Down, que atende pacientes portadores há mais de 30 anos em seu consultório e no Hospital Público Infantil Darcy Vargas, em São Paulo.

56º FEIRA DO LIVRO


A Feira do Livro de Porto Alegre é uma das mais antigas do País.

Sua primeira edição ocorreu em 1955 e seu idealizador foi o jornalista Say Marques, diretor-secretário do Diário de Notícias. Inspirado por uma feira que visitara na Cinelândia no Rio de Janeiro, Marques convenceu livreiros e editores da cidade a participarem do evento.
O objetivo era popularizar o livro, movimentando o mercado e oferecendo descontos atrativos. Na época, as livrarias eram consideradas elitistas. Por esse motivo, o lema dos fundadores da primeira Feira do Livro foi: Se o povo não vem à livraria, vamos levar a livraria ao povo.

Patronos
A Feira do Livro de Porto Alegre adotou a tradição de eleger um patrono na 11ª edição, escolhendo o jornalista, político e escritor Alcides Maya. Os patronos eram eleitos entre escritores e livreiros significativos para o mercado editorial gaúcho e já falecidos. Entre os anos de 1965 e 1983, foram homenageados 13 escritores gaúchos, um jornalista, três livreiros e dois escritores estrangeiros.

Neste ano o homenageado é Paixão Côrtes:
É agrônomo, folclorista, compositor, radialista e pesquisador da cultura brasileira. Ícone da cultura gaúcha, foi modelo do monumento Laçador, erguido em 1958, o principal símbolo de Porto Alegre.
Prestigie a Feira - 29/10 a 15/11

RECRUTAMENTO DE PACIENTES



HC de SP recruta voluntários para estudar doença dos ossos de vidro

A ideia é fazer o acompanhamento de portadores de osteogênese imperfeita que tenham entre 3 a 17 anos. Além disso, o hospital estuda formas de baratear uma cirurgia bastante delicada que pode melhorar a vida de vários portadores da doença, de modo que o procedimento possa ser amplamente oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Antes apontada como raríssima, hoje a estimativa é de que a enfermidade atinja uma em cada dez mil pessoas.
Leia mais AQUI

Olhe nos meus olhos… Eu disse: nos olhos!


Uma organização belga não governamental de defesa dos direitos dos portadores de deficiência, a CAP 48, publicou um anúncio de uma mulher sem uma das mãos como se fosse uma peça publicitária de sutiã. A proposta do anúncio é tentar mudar a maneira como as pessoas olham as pessoas com deficiência, constrangendo-as.

Extraído do site INCLUSIVE